4 de outubro de 2014

Biografia: Francisco Alves da Silva


Uma das caracaterísticas primordiais do Blog Custódia Terra Querida, é, além de resgatar a história, tradições, cultura e costumes da cidade, apresentar sempre que possível, aos demais custodienses espalhados por todo o Brasil e pelo mundo, a história de conterrâneos que se destacam fora de nossa cidade.

Hoje iremos apresentar um pouco mais sobre Francisco Alves da Silva, um custodiense que reside atualmente em Limeira-SP desde de 1980. Vários post já foram publicados sobre ele no Blog, neste em especial, passaremos a conhecer mais profundamente a trajetória desse ilustre custodiense, representante da Academia Limeirense de Letras.

FRANCISCO ALVES DA SILVA
Natural: Custódia PE.
Data de Nascimento: 20/DEZ/1960
Casado com: Maria Auxiliadora Moura da Silva.
Filhos: Kelvilyn Matheus Moura da Silva; Athina Alves Moura da Silva..

TRAJETORIA Chega à limeira em 14 de Janeiro de 1980, com seus genitores Cícero Alves da Silva e Maria José Alves juntamente com seus 05 irmãos, Flávio, Flavinaldo, Fábio, Fabiano e José Fernando. Inicia em 20 de janeiro de 1980 sua jornada de trabalho na área industrial de limeira, precisamente na indústria de máquina NEWTON MAZUTE, trabalhou como montador de máquinas, pintor, operador de máquinas. Porém em virtude da necessidade de juntar-se ao seu genitor, solicita sua demissão e passa a atuar no ramo da construção civil, atividade essa realizada na época por seu pai, Cícero Alves da Silva, assim executarão diversas obras importantes no município e fora dele (construção do condomínio residencial independência, conjunto habitacional Jd. Do Lago, Pq. Nossa Senhora das Dores I, Jd. Tangará na Cidade de São Carlos).

Em 1983 quando a saudade já era imensa, seus familiares retornaram à terra natal, mas o amor que lhe causara limeira e sua vontade de conquistar um novo espaço o impediu de partir com seus entes queridos. Sozinho inicia uma longa trajetória, através de um amigo (OLIVIO MACHADO) começa a trabalhar na industria de suco (CITRAL) como ajudante geral, pois tudo que haviam conquistado com tanta luta havia se perdido, e este fora o motivo pelo qual seus pais voltam à terra natal. Daí começa a surgir novas oportunidades novas atividades comerciais (mercearia) que lhe trouxe em pouco tempo uma nova dinâmica e o fez observar com maior atenção o sistema de “Segurança Pública”, ingressando em 1984 na guarda municipal de limeira, e os sonhos não param por ai, a cada dia aumentavam e em 1985 partes desses ideais foram realizados, ingressando nas fileiras da Polícia Militar do Estado de São Paulo, obtendo êxito na sua trilha pela corporação, após sua formatura prestou serviço na própria cidade Campinas Estado de São Paulo, onde fizera a escola de policia e depois solicitou sua transferência para a cidade de Piracicaba, onde prestou por um longo tempo seus serviços policiais, entretanto sua meta era voltar para limeira, cidade que havia adotado para viver e conquistar seus objetivos.

Após ser aprovado no concurso para cabo foi promovido em 1992 à graduação de Cabo PM, traz consigo, medalhas de 5º 4º e 3º grau as quais ostenta com muito orgulho, por bons serviços prestados a comunidade além de vários elogios. Essa caminhada pela Polícia Militar trouxe-lhe diversos admiradores, sendo indicado por unanimidade pelos Policiais a representá-los junto à sociedade frente á Associação dos Cabos e Soldados do Estado de São Paulo, que fora fundada em Limeira no dia 22/mar/1997, fundou e presidiu juntamente com seus amigos; João José de Souza; Valmir Duca; Osvaldo Moreira e Vilela. Uma caminhada coberta de realizações e sucesso, onde trouxe o amparo ás causas sociais e psicológicas aos policiais militares e seus familiares, numa região de 43 municípios.

Destacou-se como palestrante devido seu vasto conhecimento na área de entorpecentes. Tantas foram ás conquistas reconhecida pela sociedade limeirense que face a sua dedicação à causa pública e o combate efetivo as drogas e armas. Que no dia 20 de abril de 1995, foi indicado na ORDEM ACADÊMICA DOS INTELECTUAIS DO CONE SUL (Entidade de Âmbito Internacional), como MEMBRO TITULAR. Em 29 de junho de 2002, recebeu a CRUZ SOCIAL de reconhecimento e Cultural no grau de COMENDADOR. No período de 2001 a 2004 exerceu a função de Secretario de Segurança Publica no município de limeira, a convite do então prefeito da época Pedro Theodoro Khull seu amigo particular. De 2004 a 2005 assumiu a função de vereador.

No dia 24 de julho de 2002, recebeu o certificado de reconhecimento do projeto AFRO- CIDADANIA, intercâmbio cultural AFRICA/BRASIL Prêmio Nelson Mandela reconhecido pela ONU como o segundo melhor projeto latino-americano de pesquisa. Globalização, Interferência /Terapia de Desafeto, como o desafio do século, Símbolo da participação da Segurança Municipal da Constituição da ordem e cidadania. Em novembro de 2002 foi homenageado pela Câmara Brasileira de Cultura com o Grã-Colar “LIBERTADORES DA AMÉRICA”. O evento ocorreu no Memorial da América Latina, onde autoridades representantes do Governo Federal, Estadual, Ministério da Educação do Estado de São Paulo e o Prefeito de limeira, José Carlos Pejon, estiveram presentes, prestando também suas respectivas homenagens.

Em dezembro de 2003 foi homenageado na câmara municipal de limeira através do vereador Antoniel Carlos de Lima com o titulo: GRATIDÃO DA CIDADE LIMEIRA – ORDEM DE TATUIBY “MEDALHÃO” – MERITO CIVICO 15 DE SETEMBRO. Em 2004 recebe da câmara brasileira de cultura em São Paulo a outorga. A CRUZ DE RECONHECIMENTO SOCIAL E CULTURAL NO GRAU DE GRÃ-OFICIAL. Em 2005 recebe da Sociedade Brasileira de Filosofia de São Paulo. A cruz do mérito filosófico e cultural. No âmbito cultural, participou de várias Antologias de Poetas. Em 1990 registra a sua primeira obra na Biblioteca Nacional, o livro intitulado NA VIDA TUDO ACONTECE. Em 1992 participou da antologia VERSO E REVERSO.

Em 1995 escreveu a poesia intitulada A ESCOLA BRASIL, pelos seus 60 anos de existência, a qual fora escolhida e publicada no jornal a Gazeta do Brasil, ganhou também na mesma escola pela criação da paródia musical, Hei-Jud. de John Lenon, uma canção em alerta a AIDS. Que se comemora em 1º de Dezembro. Em 1997 registrou o livro SEM ALGEMAS o qual teve a participação de vários poetas militares, participação no III PRÊMIO CIDADÃO DE POESIA. Em 2000 registrou sua participação no livro BRASIL 500 ANOS, além de vários artigos inscritos em revistas e jornais de âmbito nacional.

No campo musical é autor de várias músicas gravada por intérpretes limeirenses, BANDA PÉ DE PASSAGEM, VALTINHO SANY, VILMAR E FABIANO. Desenvolveu varias campanhas em prol da comunidade limeirense, entre elas; ARMAS E DROGAS – RISQUE ESSA IDÉIA.

Formação Acadêmica

- Graduado em Direito – Faculdade de Letras em Araras SP (UNAR), no período de 01/02/2000 á 06/12/2005
- Formado em Psicanálise clinica pelo Instituto WCCA – SP

Curso de Especialização

- CEP-Munitor (Curso de Especialização Profissional) o que o habilita a ministrar aulas em cursos da Polícia Militar, Escolas de Soldados.
- (Curso de especialização em técnica de ensino) no CEFAP (PM) (1998);
- Curso de Instrutor PROERD – Programa de Educação e Resistência às Drogas e à Violência.
- Marketing pessoal em 2007 pela uni nove São Paulo
- Habilitação em jornalismo – Violência, Criminalidade e Prevenção – SENASP – 2008 a 2009
- Sistema e Gestão em Segurança Pública – SENASP – 2008 a 2009
- Uso da informação na Gestão de Segurança Pública – SENASP – 2008 a 2009 – EAD

Formação Profissional

- Inspetor de qualidade – SENAI – Limeira (1980)
- Escola de Formação da Guarda Municipal de Limeira (1984)
- Escola de Formação de Soldados da PMESP (1985)
- Curso de Formação de Cabos da PMESP (1992)

Trajetória de Carreira

Chegando a Limeira em 14 de Janeiro de1980, trabalhou como montador de máquinas, pintor, operador de máquinas na indústria NEWTON MAZUTI.

Em 1981 trabalhou no ramo da construção civil (construtor)
Em 1982 e 1983 Exerceu atividades no ramo comercial.
EM 1983 trabalhou na Citral (suco) atividade ajudante geral
Em 1984 Ingressou na Guarda Municipal de Limeira.
Em 1985 Ingressou na Policia Militar do Estado de São Paulo
Em 1992 foi aprovado no curso de Cabo da Policia Militar/SP.
Em 1997 Presidiu e fundou a associação dos cabos e soldados em limeira
Em 2001 Foi secretário de segurança Publica – Governo Pedro Khul
Em 2004 Exerceu atividades no poder legislativo – Vereador
Em 2005 Exerceu Atividades no poder executivo – Assessor técnico da secretaria de governo e desenvolvimento – Governo Silvio Félix.
Em 2007 Passa para Assessora técnica da secretaria de educação.

Comunicação em eventos com anais ou certificados

Congresso Nacional de Instrutores PROERD. – São Paulo – 2000
Congresso Nacional dos Guardas Municipais – Santo André -2001
Encontro sobre segurança publica – Judiai – 2001
Congresso nacional das guardas municipais – Goiana – 2002
Fórum de Segurança Publica – Limeira – 2002 Organizador
Congresso nacional de Segurança Publica – Brasília – 2003
Seminário Internacional da qualidade na educação – Limeira – 2006
Feira do livro (bienal do livro) desenvolvimento e organização do projeto – Nov2007
Seminário de vendas (Palestrante Alfredo Rocha) 2007
Vários projetos desenvolvidos em áreas sociais, culturais, e literárias.

Participação em obras literárias publicadas:

Verso e reverso
Sem algemas
Brasil 500 anos
Cidadão de poesia
Olhos de poetas Espelho d’água…etc.

Dados elaborados por: Antonio Carlos Hambruster / Isabel Leite Fernandes/ Eduardo Maguerbes.

Um comentário:

  1. Cabo Chico.
    Exemplo de como se dribla dificuldades.Exemplo claro da máxima: EU QUERO, LOGO POSSO.
    Chegar lá poderá se tornar fácil.É só passar-se por um golpe favorável da sorte.Mas para se "chegar lá" com este "pedigree" o Cabo ralou muito.
    Cabo Chico, voçe é custodiense.Voçe é o "cara".
    Para esse, tiro o chapéu com reverência.
    Fernando Florêncio
    Ilhéus/Ba

    ResponderExcluir