23 de julho de 2014

[Relembre] Aula-Espetáculo Romançário com Ariano Suassuna em Custódia - 04.10.2011

fotos Paulo Peterson

Poucos eventos de cunho cultural mereceram tantos elogios, como o apresentado na última terça feira dia 4, às 20h, na nova quadra de esportes do Colégio Municipal Ernesto Queiroz. Uma noite histórica acompanhada por pouco mais de 2.500 pessoas. O motivo foi à apresentação da aula-espetáculo do escritor, dramaturgo e romancista paraibano Ariano Suassuna, vindo pela primeira vez à nossa cidade. Esse evento, já é considerado um marco na história cultural de Custódia. Sua aula percorre todo o estado, levando a diversidade da cultura brasileira. Fazendo uma grande viagem pela cultura, com a participação de músicos, cantores e bailarinos.


A vinda do espetáculo acontece justamente num momento onde o município vive um bom momento na área cultural. Onde grandes investimentos são feitos na educação e na cultural local. Os últimos eventos realizados pela Prefeitura, Secretária de Educação, Ação Social e demais escolas do município, mostraram o quanto a cultura custodiense colhe bons resultados desse trabalho. Lembremos do aniversário de 83 anos no mês passado. Fora filmes, peças de teatro, oficinas musicais entre outras coisas.


Acompanhado pelo Grupo Arraial com regência do músico Antônio Madureira, o escritor entrou pontualmente às 20h ao som da Banda Marcial Mauro Cesar, executando uma das canções prediletas de Ariano, “Madeira que cupim não rói”, composição de Capiba. Essa música por sinal é um símbolo do Movimento Armorial criado pelo escritor nos anos setenta. O movimento tinha como iniciativa artística criar uma arte erudita, a partir de elementos da cultura popular do nordeste Brasileiro. Procurava orientar todas as formas de expressões artísticas, como música, dança literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, circo entre outras expressões.


Durante as duas horas do espetáculo Romançário, o público acompanhou tudo atentamente e em silêncio, vez ou outra sorria e aplaudia, em respeito ao escritor de lúcidos 84 anos. As palmas se duplicavam a cada tema musical apresentado pelo Grupo Arraial. As danças populares apresentadas foram o Toré, Romaria, o Tango Brasileiro, Marcha Carnavalesca e o Choro nº 5 de Capiba. O palco chamado de CIRCO DA ONÇA MALHADA tinha pinturas em tecido feitas por Manuel Dantas Suassuna. Uma produção impecável, que conforme mudava a iluminação, gerava um cenário diferente, com cores diferentes, tudo sob observação atenta do escritor, sentado em sua banca de professor.


Ariano Suassuna narrou um pouco de sua trajetória de vida, como conheceu sua esposa Zélia, nesse momento, proferiu várias declarações amorosas a sua companheira de longas datas. Contou inúmeras histórias de sua cidade natal, Itaperoá na Paraíba. Muitos dos ‘causos’ narrados, fora de personagens de sua terra natal, a influência direta para livros como o excepcional Auto da Compadecida. Num determinado momento, preocupado com o público, perguntou aos presentes, quem conhecia livro, filme e seriado. A reação do público foi imediata, tranquilizando o autor.

 

Quando deu por encerrado o espetáculo, o público não acreditou como havia se passado tão rápidas duas horas. Antes de sair do palco, Ariano recebeu o Prefeito Nemias acompanhado da Sec. de Educação Luciara Frazão, ambos agradecendo a vinda do professor a nossa cidade. Em seguida o escritor foi cercado por vários fãs, todos queriam registrar uma foto desse momento histórico para nós todos.


DIA SEGUINTE - 05.10.2011


Dia seguinte, tive com o ator Humberto Guerra no hotel Macambira, para uma ligeira conversa com o escritor. Humberto comentou seus trabalhos fora de Custódia e o que realiza atualmente na Casa das Juventudes. Falei do trabalho que venho realizando com vários colaboradores com o blog Custódia Terra Querida


Ao final, ele fez um depoimento para nós: Eu acho uma coisa da mais alta importância essa tentativa que vocês estão fazendo de registrar a história de Custódia, para que a juventude de hoje, não perca contato com suas raízes. Eu sei que a nossa luta é grande, a minha e a de vocês. Mais ao mesmo tempo vocês veja, vocês estava lá na aula ontem à noite, quando a gente abre um caminho, a juventude responde muito bem. A juventude em contato com a boa arte, e as boas manifestações culturais, você veja, ontem nós apresentamos músicas de primeira qualidade, uma música delicada que não é parecida com essa música ruidosa que eles estão habituados. Mas como a gente oferece uma arte de boa qualidade, a resposta é muito boa. De maneira que, vocês devem fazer essa relação com o passado, eu acho fundamental. O nosso presente possibilite o futuro. A cultura não é brincadeira não. Não brinque com a cultura não. A cultura é sede da alma e da honra de uma nação. Se os jovens perdem o contato com a sua cultura, eles perdem a sua identidade. É preciso acreditar no povo em geral e na juventude em particular. Esse trabalho que vocês estão fazendo pela base, é muito importante, se houvesse gente como vocês em cada cidade, essa luta estava ganha”



Ouvir um comentário desses vindo de Ariano Suassuna foi para nós um coroamento ao trabalho realizando, graças ao apoio de várias pessoas. Compartilho esse depoimento com todas estas pessoas, que me auxiliam nesse projeto há três anos. O Blog Custódia Terra Querida seguirá com sua missão, de levar aos internautas custodiense ou admiradores da cidade, um conteúdo de qualidade, sempre enfocando o passado, o presente, a cultura local e as potencialidades de nossa cidade. No futuro as gerações vindouras terão um bom acervo de nossa história.

Dedico esta postagem à secretária de educação Luciara Frazão e a Katiuscia Souza, por possibilitarem esse depoimento junto a produção do escritor.

Paulo Peterson - 06.10.2011


10 comentários:

  1. Isso é a verdadeira essência da cultura na forma mais pura e culta possível, alem de muita simplicidade e carisma parabéns a todos que compartilharam desse momento único e singular. abrç a todos .

    ResponderExcluir
  2. Adorei todo texto.Muito bem escrito, gostoso de ler, fotos ótimas.Ariano é a personificação da cultura e vc é um aprendiz exemplar.Ah, como o ROCK N´ROLL faz parte da cultura, eu não preciso pedir que nunca o abandone, né? Valeu a matéria.Bom final de semana.Andréa Oliveira.

    ResponderExcluir
  3. Fico imensamente feliz de ter notícias tão boas de Custódia, de saber que hoje ela se encontra em condições infinitamente melhores do que quando meu avô se viu obrigado a sair daí para ganhar a vida.

    ResponderExcluir
  4. Esta é a Custódia com a qual sempre sonhei.
    Muito gratificante voltar depois de quase 50 anos fora, e encontrar minha terra abrigando espetáculos de vanguarda e cultura explícita.
    Assim, aos meus conterrâneos que estão extasiados com as obras federais, que fiquem atentos às saídas das máquinas para que a mesmice não volte.Igualmente que não haja retrocesso no tocante aos grandes momentos vividos, como este espetáculo, e a presença marcante e inesquecível do nosso "imortal" Arianao Suassuna.
    Junto ao blog e por extrensão ao Paulo Petersson, Custódia terminou de contrair uma dívida saudável.
    Fernando Florêncio
    Ilheus/Ba

    ResponderExcluir
  5. Rogério, sem dúvidas Custódia mudou muito depois da década de cinquenta, quando seus avós tiveram que deixar nossa terra.Já na década de setenta, começou a mudar o cenário cultural da cidade. Lembro que na gestão de Luizito tivemos festivais de Violeiros, apresentação do Quinteto Violado, da Orquestra Armorial, do Balé Popular do Recife, e muitas outras atrações culturais, as quais sempre foram bem assimiladas pela população. A partir daí, todos os eventos culturais sempre tiveram boa acolhida.A população passou a valorizar suas raizes, suas tradições. Grupos de Bacamarteiros tiveram seus dias de glória, vaquejadas, pegas de boi, e muitos eventos populares passara a ser realizados pela iniciativa privada. Enfim, ficou consolidada a cultura em nossa Terra.A aula de Ariano pontifica esse gosto do povo pela sua cultura. Parabéns a todos que contribuiram para o sucesso desse magnificio evento.

    J.Melo

    ResponderExcluir
  6. Olá Paulo, tudo bem meu amigo?

    Que coisa linda é essa!!!...Que matéria maravilhosa... O Ariano é tudo de bom, assistí uma palestra dele aqui em Caçapava e fiquei fascinado e por que não dizer MARAVILHADO com todo esse conhecimento fica fácil a compreensão do público de qualquer idade...É de conteúdo com essa mágnitude que as pessoas precisam se preencher, se banhar, lavar a alma...Ésse tão nobre "ser" que habita entre nós com tamanha simplicidade, humildade, carisma e vasto conhecimento nos enche de orgulho em saber que nosso povo é encantador.
    Parabens...Parabens Paulo, por essa tão bela e colorida cobertura... Como o Ariano falou..."É de pessoas assim que o nosso país tanto necessita".
    Como é bonito saber que tem pessoas que se preoculpa em mostrar tudo de belo que a nossa cidade tem pra oferecer.
    Parabens tambem para a Secretaria de Educação na pessoa de Luciara frazão e todos os profissionas que fazem parte dessa transformação cultural de tamanha importancia. O Prefeito Nemias que esta se empenhando para que nossa linda e admirável Custódia alcance o lugar que merece.
    se possível meu amigo Paulo, faço quetão que você publique esse meu depoimento...Queria ter palavras suficientes para expressar a real importancia
    que o ARIANO SUASSUNA tem para Brasil.

    Um forte abraço para todos
    ((( Almir Mello )))

    ResponderExcluir
  7. Olá! Caríssimo Paulo.
    Parabéns pelo belo texto. Louvo esse excelente trabalho desenvolvido por
    amor a Custódia.
    Obrigado por lembrar do seu velho amigo de hoje e de sempre.
    Abraços. Airton Araújo.

    ResponderExcluir
  8. Caríssimos custodienses,
    A visita do mestre Ariano Suassuna em nossa cidade traz alegria e orgulho para quem ama e se preocupa com a cultura de nossa terra, mesmo não estando presente. Sempre que participo de eventos políticos e sociais no estado de PE ou fora dele, enfatizo o nome de Custódia ao me apresentar, para em seguida falar da minha função e da instituição a qual represento. Reafirmo as palavras de Zé Melo ao lembrar que a partir dos anos 70, Custódia já era palco de grandes apresentações nas festas do padroeiro São José, festa folclórica e emancipação política da cidade. Numa dessas, cantei em praça pública a maravilhosa composição de Zé Ramalho e Otacílio Batista “Mulher nova bonita e carinhosa” que ao ser gravada no carro de som de Luizito, estacionado, quase sempre, em frente à Varandinha de Vavá, foi executada durante vários dias. Lembro-me ainda, de um show no clube, transmitido ao vivo, para o Programa de Valdecy Menezes, onde participei ainda criança, com uma música de Jerry Adriani. Flávia Epaminondas e Nely Aleixo também interpretaram sucessos da época no referido show. Salvo engano, Valdecy era radialista de Afogados da Ingazeira, mas quem fez a locução local foi Zé Melo. Deixo o meu reconhecimento a todos que trabalharam para realização da aula-espetáculo. E, a Paulo, por nos presentear com textos e imagens desse grande momento.

    Um abraço,
    Leônia

    ResponderExcluir
  9. Paulo,que inveja de vocês que qualidade de vida tem os Custódienses,cultura regional com a divulgação magestral de Mestre Ariano,pena que aqui distante e sem movimenots culturais,somos apenas espectadores saudosos da presença dos amigos.realmente agora começo a crer que Custódia vive um momento impar,singular em seus 83 anos de gloria! parabéns aos idealizadores e promotores do grande evento.


    Dannylo Ruithe
    dannyloruithe@hotmail.com

    Espigão dOeste/Rondonia.

    ResponderExcluir
  10. Belo comentário. Claro e sucinto.
    Dannylo Ruithe. Primo que não conheço. Filho da minha prima "Babá" Daniel.
    Dannylo, morador do longínquo Espígão dOeste, em Rondonia, é como o cometa Halley. De vez em quando aparece. E aparece em grande estilo.
    Não fique tanto tempo sumido, primo.
    Se no próximo Encontro dos Custodienses, marcado para 2012, o Dannylo nos der o prazer da sua presença, vai competir com Gentil Pires,que virá de Cáceres(Mato Grosso).Qual será o Custodiense Visitante mais distante a receber das mãos do Prefeito, as simbólicas chaves da cidade??Parabens e como Custodiense, muito obrigado por esta presença maciça de comentários.
    Fernando Florêncio
    Ilheus/Ba

    ResponderExcluir